Sign In
GUIA DE CRÉDITO CONSCIENTE
Futuro: Parte 1

Ações

Você pode adquirir o menor pedaço de uma empresa que pode ser comprado. Dessa forma, você se tornará sócio da companhia e terá sua participação de acordo com a quantidade de ações compradas. Existem muitas formas de agir no mercado de ações.

Todas as ações das empresas são negociadas nas Bolsas de Valores por mediação das corretoras, no qual os preços são definidos pela oferta e demanda. Os acionistas que investem em ações podem ganhar dinheiro de acordo com os ganhos dos dividendos, que são calculados segundo o lucro das empresas ou vendendo ações que são valorizadas. 


Vantagens:

-Tem potencial de alto retorno.

- Retorno em longo prazo.

Desvantagens:

- Há um alto risco

- Você pagará taxas de administração, custódia e carregamento.

- É necessário investir quantias maiores que R$1.000,00 em média.


Fundos de Investimento

É a junção de vários investidores, cotistas, que dividem recursos com o objetivo de maximizar os lucros e baixar os riscos. Um gestor especializado administra esses bens e divide os lucros proporcionalmente aos investimentos dos cotistas. Neste caso, o investidor não tem que se preocupar com as oscilações do mercado.

Há sete categorias de fundos de investimento: curto prazo, referenciados, renda fixa, ações, dívida externa, dívida interna, cambiais e multimercados.


Vantagens:

- Facilidade e simplicidade.

- Riscos menores.

- Diluição de custos.

Desvantagens:

- Pagamento de taxas de administração.

- Em alguns casos pagamento de taxa de performance.

- Em alguns casos cobrança de IOF.



 

 



Títulos Públicos

Os títulos são certificados de dívida (ativos de renda fixa) e são usados e emitidos pelo governo federal com o propósito de financiar as suas ações e ganhar verbas para o financiamento da dívida pública.

O Tesouro Direto é a forma mais fácil de ter acesso a títulos públicos e que permite a diversificação da carteira pessoal, pois é possível investir a partir de R$ 30,00, em títulos com tipos de rentabilidade diversos, prazos de vencimento e fluxos de remuneração. Lembrando que a rentabilidade dita na hora que você comprou o título só será valida se o investidor ficar com os papéis até o seu vencimento. Caso você queira usar o capital antes da data de vencimento, não é aconselhável escolher essa opção.


Vantagens:

- Segurança de retorno.

- Essa opção é ideal para investimentos com retirada a médio-prazo.

- Tem liquidez diária.

- O investimento mínimo é baixo.

Desvantagens:

- Taxa de custódia.

- É necessário cumprir o acordado para ganhar a remuneração total.


LCI e LCA

LCI (Letras de Crédito Imobiliário) é um título de crédito emitido com o intuito de financiar o setor imobiliário.  Já no LCA (Letras de Crédito do Agronegócio) são títulos de crédito gerados por instituições financeiras, com a função de financiar o setor agrícola. Ambos os investimentos são considerados de renda fixa e é possível ter ganhos bem maiores do que os apurados em cadernetas de poupança, além de não existir cobrança de IR para pessoas físicas e há garantia do Fundo Garantidor de Crédito para valores de até R$ 250 mil reais por CPF. O investidor poderá optar por aquele que tiver maior rentabilidade.

Vantagens:

- Segurança de retorno.

- Investimentos com retirada a médio-prazo.

- Rendimentos maiores que na poupança.

- Fundo Garantidor de Crédito que cobre o limite de até R$ 250 mil por CPF.

Desvantagens:

- Prazo mínimo de 90 dias.

- Tem IR para Pessoa Jurídica (tabela regressiva).


 

 

 

 




Debêntures (títulos emitidos por empresas)

Neste caso, o comprador dos títulos empresta dinheiro às organizações em troca do recebimento do dinheiro acrescido de juros. Dessa forma, você pode capturar recursos de médio e longo prazo para sociedades anônimas. Os acordos são escritos e feitos em termos de prazos e juros para a restituição de uma dívida. O comprador poderá ficar com o título até que o receba, ou poderá vendê-lo antes a outra pessoa. Outra possibilidade seria debêntures conversíveis em ações.

Vantagens:

- Maiores rendimentos do que os títulos públicos.

Desvantagens:

- Maiores riscos do que os títulos emitidos pelo governo federal.

- Liquidez baixa.

- Há aplicações que não são cobertas pelo Fundo Garantidor de Crédito.

 

 

Caderneta de Poupança

Não é um bom investimento quando pensado pelo rendimento, principalmente quando há inflação alta. Um problema com relação à poupança é que quando um investimento é debitado na conta, ele recebe uma "etiqueta" com o dia do depósito e o valor, porém o pagamento dos juros só ocorre somente após 30 dias. Dessa forma, caso o valor seja sacado antes do prazo de compensação, os juros são anulados.

Vantagens:

- Investimento seguro.

- Não há um limite mínimo para a aplicação.

- Menores de idade podem fazer uma poupança.

Desvantagens:

- Rendimentos baixos ou nulos em tempos de inflação.

- Ganhos aparecem depois de 30 dias após o depósito.


Emissao De Boleto

Aproveite para gerar o boleto que precisa